Case Study

Rita Habib – prisioneira do Daesh (ISIS) regressa a sua casa em Qaraqosh, Iraque

Abril de 2018

Rita Habib – Fotografia: Kurdistan 24

Rita Habib – uma das mulheres cristãs raptada em Qaraqosh pelo Daesh (ISIS) e forçada a ser escrava sexual – pôde finalmente voltar a juntar-se ao seu pai. Habib tinha sido transferida de Qaraqosh – a última cidade de maioria cristã no Iraque antes de cair nas mãos dos islamitas – para Mossul, antes de ser novamente transferida uns meses mais tarde para a Síria. Rita descreveu a miséria que enfrentou: “Fui comprada e vendida quatro vezes. Eles fizeram-nos coisas muito más. Bateram-nos e violaram-nos… O pior de tudo foram as violações de raparigas com nove anos.” Habib foi salva por membros da Fundação Shlama que fingiram ser jihadistas num leilão de escravos do Daesh e que a compraram por 20.000 dólares. Rita disse: “Estou muito feliz por poder voltar a estar com o meu pai passados três anos. É um momento de grande alegria, porque ele é a única família que me resta.” Apenas sete das mulheres raptadas em Qaraqosh regressaram. Calcula-se que o número de mulheres sequestradas, quando a cidade caiu, ronda as 45 a 100.

More articles