Perfil do país

SRI LANKA

Após o fim da guerra civil em 2009, aumentaram os ataques a Cristãos e Muçulmanos, maioritariamente levados a cabo por nacionalistas budistas cingaleses. Contudo, durante o período em análise, também cresceram os ataques a igrejas por parte de grupos extremistas hindus em Eastern Province.(1) Em 2017 foram registados 90 ataques a Cristãos,(2) e só entre Janeiro e Setembro de 2018 ocorreram 67 ataques.(3) A discriminação contra os Cristãos incluiu ataques a igrejas, recusa de realização de enterros em cemitérios públicos(4) e recusa de inscrição de crianças cristãs na escola.(5)

Alguns dos ataques mais notórios ocorreram após o início do Ano Novo Cingalês. No Domingo de Ramos de 2019 – que coincidiu com o próprio Ano Novo – uma multidão de nacionalistas cercou a Igreja Metodista de Anuradhapura e fez “ameaças assassinas” ao Bispo Asiri Perera e aos seus fiéis, atirando pedras e petardos contra o edifício.(6) Mas de longe, o pior ataque ocorreu uma semana mais tarde, quando extremistas islamitas atacaram à bomba igrejas cristãs no Domingo de Páscoa.

1. “Violence, Discrimination against Christians Escalate in Sri Lanka”, Human Rights Without Frontiers, 29 de Outubro de 2018, https://hrwf.eu/sri-lanka-violence-discrimination-against-christians-escalate-in-sri-lanka/; “Violence, Discrimination against Christians Escalate in Sri Lanka”, Morning Star News, 19 de Outubro de 2018, https://morningstarnews.org/2018/10/violence-discrimination-against-christians-escalate-in-sri-lanka/ (sites foram acedidos a 7 de Junho de 2019).

2. Números apenas até 25 de Dezembro de 2017. Os números no fim do ano poderão ser mais elevados. “Sri Lanka sees more than 90 attacks against Christians in 2017”, Tamil Guardian, 25 de Dezembro de 2017, https://www.tamilguardian.com/content/sri-lanka-sees-more-90-attacks-against-christians-2017 (acedido a 29 de Março de 2019).

3. “Violence, Discrimination against Christians Escalate in Sri Lanka”, Human Rights Without Frontiers, op. cit.

4. “Sri Lanka”, Open Doors World Watch List 2019, https://www.opendoorsusa.org/wp-content/uploads/2019/01/Sri-LankaFINAL-WWL-2019-DOSSIER-December-2018.pdf (acedido a 7 de Junho de 2019).

5. “Christian child denied school admission”, Sri Lanka Church Attacks, 8 de Agosto de 2018, https://slchurchattacks.crowdmap.com/reports/view/899 (acedido a 7 de Junho de 2019).

6. “Palm Sunday’s church attack ruins nation’s aluth avurudu calm”, Sunday Times (Sri Lanka), 21 de Abril de 2019, http://www.sundaytimes.lk/190421/columns/palm-sundays-church-attack-ruins-nations-aluth-avurudu-calm-346199.html (acedido a 7 de Junho de 2019).

7. “Sri Lankan human rights lawyer threatened”, CSW, 27 de Junho de 2017; “Well-known Lawyer Lakshan Dias Flees Sri Lanka After Justice Minister Wijeyadasa Rajapakshe Threatens to Take Action in Two Days”, DBSJeyaraj.com, 29 de Junho de 2017, http://dbsjeyaraj.com/dbsj/archives/53873; “Sri Lanka”, US State Government 2017 International Religious Freedom Report, https://www.state.gov/reports/2017-report-on-international-religious-freedom/sri-lanka/ (todos os sites foram acedidos a 7 de Junho de 2019).

8. “Mob including government official threatens Christians”, Sri Lanka Church Attacks, 8 de Julho de 2018, https://slchurchattacks.crowdmap.com/reports/view/887 (acedido a 7 de Junho de 2019).

9. “Attacks carried out by suicide bombers, Govt. Analyst confirms”, Ada Derana, 22 de Abril de 2019, http://www.adaderana.lk/news/54531/attacks-carried-out-by-suicide-bombers-govt-analyst-confirms; “Death toll from Easter Sunday attacks climbs to 321”, Ada Derana, 23 de Abril de 2019, http://www.adaderana.lk/news/54578/death-toll-from-easter-sunday-attacks-climbsto-321; Citra Abbott e John Newton, “Priest says ‘We are far away from peace’”, Ajuda à Igreja que Sofre (Reino Unido), 30 de Abril de 2019, https://acnuk.org/news/sri-lanka-priest-says-we-are-far-away-from-peace/; Ash Gallagher, “The Sri Lanka attacks show how Isis is moving east to recruit members”, Independent, 28 de Abril de 2019, https://www.independent.co.uk/voices/sri-lanka-isis-recruits-east-a8889791.html (todos os sites foram acedidos a 7 de Junho de 2019).

Junho de 2017

O ministro Wijeyadasa Rajapakse ameaçou excluir o advogado de Direitos Humanos, Lakshan Dias, a menos que ele retirasse a alegação de que 195 incidentes contra Cristãos ocorreram de 2015 a Junho de 2017. Lakshan Dias fez esta afirmação num programa televisivo a 14 de Junho. O ministro Rajapakse disse: “Ele é um traidor… Aguarda ansiosamente por uma oportunidade para criar agitação no país.” Dias recebeu uma intimação da polícia em resposta a uma queixa.(7)

Julho de 2018

50 a 60 aldeãos armados com paus e varas cercaram a Igreja de Harvest Mission, em Kiran, no distrito de Batticaloa, durante a celebração religiosa dominical. Entre os atacantes estavam membros da agência governamental local Korakallimadu Grama Niladhari. A multidão disse que atacaria a congregação caso eles não interrompessem as suas actividades religiosas em 15 minutos. Os atacantes foram-se embora depois de o pastor ter parado a celebração religiosa.(8)

Abril de 2019

Mais de 300 pessoas, incluindo pelo menos 45 crianças, foram mortas e mais de 500 pessoas ficaram feridas em ataques bombistas a três igrejas e hotéis no Sri Lanka, no Domingo de Páscoa. As explosões atingiram a Igreja de Santo António, em Kotahena, a Igreja de Katuwapitiya, em Katana, e a Igreja Sionista, em Batticaloa. Um grupo islamita associado ao Daesh (ISIS) reivindicou a responsabilidade pelos ataques.(9)

More articles

NIGÉRIA

“Há um objectivo claro: islamizar todas as áreas que

IRAQUE

Os Cristãos regressaram lentamente às suas cidades e aldeias

ÍNDIA

Durante o período em análise, houve relatos de ataques

EGIPTO

O número de grandes ataques à bomba a igrejas

CHINA

As dificuldades sentidas pelos crentes aumentaram, pois o novo

PAQUISTÃO

Os Cristãos estão sujeitos a perseguições violentas e discriminação,

SUDÃO

Em Maio de 2019, o Conselho Militar de Transição